Porto

A CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS VERDADES alberga a imagem da Virgem que encimava a Porta das Verdades, uma das portas da Muralha Primitiva do Porto, derrubada no século XIX.

Arquitetonicamente inscreve-se no estilo maneirista (transição entre o renascimento e o barroco). O seu altar-mor aponta para uma decoração estilo nacional, em particular as colunas torsas e os símbolos eucarísticos – folhas de videira, cachos de uvas, fénixes e meninos nus. Realçando-se a imagem de Nossa Senhora das Verdades, de pedra de Ançã, provavelmente do século XIV e atribuída às oficinas coimbrãs. Originalmente estaria no arco do postigo da antiga muralha, lateral à capela, o Postigo das Mentiras.

Pouco depois da demolição da Porta das Verdades, o cónego Domingos Gonçalves Prada, que residia na Rua de D. Hugo (e que então se chamava Rua de Trás da Sé), construiu à sua custa uma capela, no século XIV, para a imagem da Virgem. O pequeno templo degradou-se e foi reconstruído em 1697. Durante o Cerco do Porto (1832-34), a capela foi danificada pela artilharia. Acabada a guerra, a capela voltou a ser restaurada, em 1834, por D. Ângela do Lago Moscoso. A ruína toma de novo conta da capela, até que a Câmara a comprou em 1950, em total ruína, aos seus proprietários, e a mandou restaurar.

LOCALIZAÇÃO
Rua de D. Hugo | 4050-305 Porto  

HORÁRIO
Terça-feira a domingo | 10h00 – 17h30
Encerra à segunda-feira e feriados

CONTACTOS
T. (+351) 936 780 415 | E. dmgpc@cm-porto.pt